quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Here we go again...

Please, não me interpretem mal, eu sou uma admiradora dos homens (isto é, da forma de estar mais descontraída, mais prática e até mais honesta às vezes). Adoro a maneira de ser dos homens, tenho grandes amigos homens a quem recorro sempre que acho que estou a ter um ataquinho hormonal (pois, é um facto... durante um mês inteiro, sofremos oscilações que nem nós entendemos). Que a maioria são mal habituados pelas (adivinhem) mães, que são (adivinhem) mulheres e que obrigam a filha a aprender a cozinhar e a arrumar a casa, a ser responsável e atenciosa, mas o filho não (atenção, há excepções mas isto é assim ainda hoje em muitas casas) e por isso, falo de "educação". Mas acreditem que nós mulheres temos muito, mas muito a aprender com os nossos queridos homens e esta é apenas e só a minha mais humilde opinião.
Tudo esclarecido?

2 comentários:

vitor cunha disse...

Tudo completamente esclarecido!Quero acrescentar que sinto uma enorme admiração pelas mulheres e que sempre me relacionei maravilhosamente no trabalho, com elas.Chefiei um serviço com 90% de mulheres e a maior dificuldade que tinha era em arbitrar as disputas entre elas mas com grande amizade, nunca ficou nenhuma questão por resolver.Não sou nenhum "macho latino", não sou nem nunca fui um "D.Juan"mas adoro as mulheres,porque são grandes defensoras de causas, são amigas em quem até hoje tenho podido confiar e a maior parte das que conviveram ou convivem comigo são verdadeiros hinos à beleza, física ou espiritual ou a ambas!
Enterrados assim os machados de guerra, um beijinho para ti; é sempre um prazer vir ao teu blogue

Raquel disse...

Obrigada Vitor :) Grande Beijinho.