sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Independência conquistada

Adoro ser independente. De tudo e de todos na medida do possível. Conto com a ajuda dos outros claro, como qualquer pessoa normal e não vivo sem os amigos, a família e todas as pessoas de quem gosto. Mas financeiramente e emocionalmente sou e sempre serei independente. Conquistei a independência e não abdico dela.

Os homens adoram, mas fogem de mulheres independentes. Acho que têm medo que lhes faça sombra. Têm medo que não precisem deles e por isso os troquem com maior facilidade, têm medo que andem soltas por aí, que tenham amigos homens, que tenham a casa delas, o carro delas, que resolvam os problemas delas e sabem que se as coisas correrem mal, elas simplesmente vão embora. Não precisam deles para viver. Precisam deles para partilhar amor, amizade, vontades, alegrias, tristezas... Mas não para sobreviver. São felizes porque se respeitam e porque têm amor próprio e só assim podem fazer os outros felizes. Os homens não entendem isto. (Sei que há excepções e muitos homens corajosos o suficiente para aceitar o desafio de uma mulher independente, isto não se refere a vocês)


E alguns dos homens que conheço sentem-se atraídos por mulheres independentes mas ficam com as que dependem deles financeira e emocionalmente. Sabem que as probabilidades de os trocarem são menores (supostamente e a não ser que apareça um que garanta um melhor futuro), sabem que quem está no controlo são eles, a virilidade masculina não é ameaçada. E jogam pelo seguro. São machistas, ainda que digam que não. E o que tem mais piada no meio disto tudo é que continuam a sonhar com mulheres independentes.

2 comentários:

Signora S. disse...

Cada vez mais vou descobrindo que os homens pensam completament diferente de nós, vêm as coisas completamente diferentes... Quantas vezes nós pensamos "de certeza que ele faz/pensa/diz aquilo", e ele faz/diz/pensa exactamente o oposto? Como é que podem eles entender anossa vontade de ser independentes?

baccio

Anónimo disse...

Ha gajos que gostam de mulheres independentes e acho que isso nao tem haver com seguranças ou medos. Se calhar uma mulher dependente ate foge mais depressa de que a independente.Eu por mim basta-me que goste realmente de mim...RJ